SOBRE A PESQUISA

DUA - Desenho Universal para Aprendizagem

“Aprendizagem para todos, inclusão para milhões”

Pesquisa realizada por Gildasio Pequeno Silva, intitulada DESENHO UNIVERSAL PARA APRENDIZAGEM – PRÁTICAS EDUCATIVAS EM PROL DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA, no programa de Mestrado Profissional em Educação Profissional e Tecnológica em Rede Nacional (ProfEPT), do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Campus Cuiabá – cel. Octayde Jorge da Silva, com orientação do Prof. Dr. Jeferson Gomes Moriel Junior. A pesquisa visa o estudo das melhores práticas educativas de inclusão baseadas nos princípios do Desenho Universal para a Aprendizagem – DUA e tem como objetivo o desenvolvimento de um produto educacional em forma de e-book que servirá como ferramenta de auxílio aos professores na missão de “tornar o conhecimento proposto na disciplina acessível para todos os estudantes atendendo a diversidade e especificidades de cada aluno” (PDI-IFMT, 2019-2023, p 226).

O E-book

Produto educacional vinculado à pesquisa, é uma Guia de Boas Práticas Educacionais Inclusivas baseadas no Desenho Universal para Aprendizagem” composto de um guia orientativo (step by step) contendo material textual e infografia.

Alguns dados abordados na Pesquisa

45,6 MILHÕES DE PESSOAS NO BRASIL TÊM ALGUM TIPO DE DEFICIÊNCIA

* Algumas pessoas possuem mais de um tipo de deficiência.

ENTENDA OS NÚMEROS

Práticas Educativas em Prol da Educação Inclusiva

CEGOS

35 milhões de pessoas.

DEFICIÊNCIA MOTORA

13 milhões de pessoas.

SURDOS

13 milhões de pessoas.

DEFICIÊNCIA METAL

2,5 milhões de pessoas.

Segundo o IBGE, 24% da população brasileira tem alguma deficiência, totalizando 45,6 milhões de pessoas.

Desse número expressivo de brasileiros, apenas 441 mil PCDs estão empregados, equivalndo a apenas 1,0% do total de empregos disponibilizados através da Lei de Cotas (Lei 8213/91, artigo 93).

A Lei 8213/91, em seu artigo 93, regula a obrigatoriedade das empresas com 100 ou mais empregados preencherem seus quadros com 2% a 5% dos cargos com beneficiários reabilitados ou pessoas com deficiência.

SOBRE A PESQUISA

Dinâmica no Brasil

Segundo o IBGE, 24% da população brasileira tem alguma deficiência, totalizando 45,6 milhões de pessoas. Porém apenas 441 mil PCDs estão empregados, equivalndo a apenas 1,0% do total de empregos disponibilizados através da Lei de Cotas.


Lei de Cotas

O mercado disponibiliza 827 mil postos de trabalho para a lei de cotas para empresas.

Aptos para o Trabalho

9 milhões de brasileiros com deficiência estão aptos para o trabalho PCD's

Gap de Inclusão

Apenas 441 mil PCDs estão empregados. Equivalente a 1,0% do total de empregos.

Capacitação

Segundo as empresas a baixa empregabilidade ocorre devido a “falta de capacitação profissional das pessoas com deficiências”.

Com o intuito de minimizar os efeitos dessa lacuna e visando fornecer aos educadores uma ferramenta de apoio para a inclusão das pessoas com deficiências no contexto escolar, e por consequência no mercado de trabalho, apresentamos o produto educacional GUIA DE BOAS PRÁTICAS EDUCATIVAS BASEADAS NO DESENHO UNIVERSAL PARA APRENDIZAGEM, em forma de e-book.

SOBRE O PRODUTO EDUCACIONAL

Conteúdo do E-book

Entenda o que você irá encontrar no E-book Guia de Boas Práticas Educativas baseadas no Desenho Universal para Aprendizagem

Visão geral do DUA

O que é DUA, a sua origem, o desenvolvimento e sua aplicação

Estrutura do DUA

Princípios, Diretrizes e Pontos de verificação do DUA

DUA na prática

Dicas e exemplos de aplicação do DUA em sala de aula

Saiba mais

Fontes de pesquisas sobre DUA

Sobre

Informações gerais sobre a produto educacional

Baixe o E-book

Guia de Boas Práticas Educativas baseadas no Desenho Universal para Aprendizagem

Tenha acesso a todo conteúdo efetuando um simples cadastro no link abaixo

0
0
0

SOBRE O AUTOR

Gildasio Pequeno Silva

Cursando Mestrado em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT) no IFMT - Instituto Federal de Mato Grosso, possui graduação em Processamento de Dados, Especialização em Redes de Computadores pelo IFMT - Instituto Federal de Mato Grosso e Especialização em Comércio Exterior pela Universidade de Brasília (2004). Trabalha desde 2001, como Analista de Sistemas na Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, com ingresso através de concurso público. Tem experiência em Desenvolvimento de Sistemas, Redes, Banco de dados e Governança de TI, atuando principalmente nos seguintes temas: Wirelles Network, TCPIP, Vlan, RFID, ISO 27002, Administração de Banco de Dados, Gerenciamento de Serviços de TI. Tem interesse pela área de educação profissional e tecnológica principalmente em estudos e ações educacionais voltados para desenvolvimento de pessoas com deficiências.

CONTATOS

Fale com o Autor

Você estudante ou pesquisador da área de educação, pode manter contato direto com o autor nos canais abaixo:

Envie seu contato

Preencha corretamente os campos abaixo: